Follow by Email

segunda-feira, 11 de abril de 2011

NOVO DEPUTADO TRABALHA PELAS ÁGUAS E AMBIENTE

Eleito como deputado estadual em Minas Gerais, o ex-prefeito de Alfenas e ex-presidente da Alago, Pompílio Canavez tem trabalhado para difundir a idéia de utilização racional da água e recuperação de nascentes, bem como a defesa de rios dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Leia abaixo o release encaminhado pela assessoria do deputado.
Peço que você ore para que o deputado continue sendo usado para atuar em defesa do ambiente e que ele venha ser tocado pelo Santo Espírito do Senhor, guiado e guardado por Deus em nome de Jesus, bem como seus familiares e colaboradores.


DEPUTADO POMPILIO CANAVEZ REUNE COM PARLAMENTARES E PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO, PARA CRIAR COMISSÕES PARA PROTEGER BACIAS NO PAÍS .

DEPUTADO POMPILIO CANAVEZ

O Deputado Estadual Pompilio Canavez ( PT ) esteve na Assembleia Legislativa de São Paulo ( ALESP ) e participou de reunião , com o presidente da ALESP , Barros Munhoz e com parlamentares de diversos partidos .
Entre eles o deputado Beto Tricoli (PV ) , que fará parte da Comissão proposta por Pompilio .
O motivo da reunião foi a solicitação de providências para a criação de uma comissão interestadual Parlamentar de estudos para o Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas dos Rios Grande, Paraíba do Sul e Piracicaba (PCJ ) .

As propostas do Deputado Pompilio Canavez, foram aprovadas pela mesa diretora da ALESP.

O Deputado já protocolou na Assembleia de Minas Gerais, requerimento para instalação de duas CIPES : Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, que pertence ao estado de Minas Gerais e estado de São Paulo . Onde a Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo indicou o nome do Deputado José Roberto Tricoli para fazer parte da comissão , juntamente com outros parlamentares .

Já a Comissão Interestadual Parlamentar de Estudos para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, que pertence aos estados de Minas Gerais , Rio de Janeiro, e São Paulo. Para interlocutora junto a assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro foi indicada o nome da Deputada Inês Pandeló .

Segundo o Deputado Pompilio Canavez, a união dos estados brasileiros para preservação das bacias, é fator importante .

55% da água de excelente qualidade que os paulistanos bebem todos os dias , vem da Bacia do Rio Piracicaba , que nasce nas montanhas de Minas Gerais . Por isso a importância de criamos uma comissão especial para cuidar dessa importante bacia, junto com parlamentares de Minas e São Paulo “.


As águas do Rio Grande que nasce na Serra da Mantiqueira em Minas Gerais e deságua no Rio Paranaíba, em São Paulo, representam 67% das águas do sistema elétrico brasileiro . Sem o Rio Grande não tem eletrecidade no Brasil . Por isso precisamos de uma comissão especial para o desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, cuidaremos dessa importante bacia, junto com parlamentares de Minas e São Paulo “ .
Outra importante Bacia , é a do Rio Paraíba do Sul, que nasce em São Paulo e percorre a zona da mata mineira, e deságua no oceano atlântico no Rio de Janeiro . Os cariocam utilizam ás águas do Paraíba do Sul para o consumo . Também criamos para o Rio Paraíba do Sul uma comissão com parlamentares de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro . “ Exclarece o deputado mineiro .
E Pompilio explica ainda, que precisa se feito ainda mais : “ Estamos estudando a criação de outras comissões para bacias importantes para o desenvolvimento sustentável de nosso Estado . “ Minas Gerais é a caixa d'água do Brasil , que é a caixa d'água do mundo “ . defini Pompilio .
Segue informações sobre as bacias :

BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA DO SUL

Área .

Com uma área de drenagem de mais de 55.000 km quadrados, a bacia do Rio Paraíba do Sul localiza se na região Sudeste e abrange áreas dos estados de São Paulo ( 39 municípios ), Minas Gerais (88 municípios ) e Rio de Janeiro ( 53 municípios ).

POPULAÇÃO

A população estimada é de 5,5 milhões de habitantes, sendo 1,8 milhão em São Paulo, e 2,4 milhões no Rio de Janeiro e 1,3 milhão em Minas Gerais.
Cerca de 87% desta população vive em áreas urbanas, sendo que esta tendência segue o mesmo padrão de outras regiões brasileiras, sendo um dos fatores de pressão do desmatamento e da poluição hídrica na bacia.
É importante ressaltar ainda que cerca de 14 milhões de pessoas se abastecem das águas da bacia, que drena uma das regiões mais desenvolvidas do país .

RIO PARAÍBA DO SUL

Situação de Degradação
1(um ) bilhão de litros de esgotos domésticos, praticamente sem tratamento, são despejados diariamente nos rios da bacia do Paraíba-90 % dos municípios da bacia não contam com estação de tratamento de esgotos .

Outros fatores que contribuem para a degradação da qualidade das águas da bacia
Disposição inadequada do lixo, desmatamento indiscriminado com a consequente erosão que acarreta o assoreamento dos rios, agravando as consequências das enchentes, retiradas de recursos minerais para a construção civil sem a devida recuperação ambiental, uso indevido e não controlado de agrotóxicos, extração abusiva de areia, ocupação desordenada do solo, pesca predatória e ainda falta de consciência ambiental .

Rio Grande

O Rio grande nasce no estado de Minas Gerais e banha também o estado de São Paulo. Considerado um rio de planalto sua nascente localiza-se na Serra da Mantiqueira em Bocaina de Minas e percorre 1.360 km até encontrar o Rio Paranaíba no municípios de Carneirinho MG, formando o Rio Paraná .

Bacia do Rio Grande

A Bacia hidrográfica do Rio Grande tem uma extensão de 1.306 km, desde a sua nascente no município de Bocaina de Minas, em Minas Gerais até a sua foz na confluência com o Rio Paranaíba, onde se juntam para formar o Rio Paraná.

Dos 393 municípios localizados na bacia 214 são mineiros e 179 paulistas,
Com uma população de 9,8 milhões de habitantes, sendo 5,5 milhões em São Paulo e 4,2 milhões em Minas Gerais.

A bacia do Rio Grande é responsável por cerca de 67% de toda energia gerada no Estado de Minas Gerais.

Principais Afluentes .

Os rios Airuoca, cuja nascente fica em Itamonte, Rio das Mortes, que nasce entre Barbacena e Senhora dos Remédios , Rio Jacaré, que nasce em São Thiago, na Serra do Galba, Rio sapucaí, com sua nascente na Serra da mantiqueira, em São Paulo, e o Rio Pardo, que nasce em Ipuiúna .

Assessoria de Imprensa
Deputado Pompilio Canavez
(031) 2108-5012

Alessandra de Oliveira
Jornalista

Nenhum comentário: